Apresentação   |    Estatuto editorial   |    Ficha técnica   |    Newsletter   |    Publicidade   |    Contactos
Entrar  |   Registe-se  |   Ajuda
14 Novembro 2018
quarta-feira
Siga-nos em    
Onde Estou? Página Inicial » Frontal.com » Opinião
Pesquisar
O amor vence sempre…
31 Out 2018, 00:00
Galerias Relacionadas:
  0 video(s)
  0 som(s)
  0 documentos(s)
Visualizações: 502
Acessibilidade:

Há muito que o queria visitar. Aliás, já tinha recebido vários recados para que passasse por lá, sem urgência, mas quando pudesse.

Entrei e fui logo presenteado com a doçura de trato da esposa e com a simpatia daquele bom homem, deitado na cama, a gozar o pouco que lhe resta de vida. Depois das saudações iniciais, a esposa disse-me:

- Vou deixar-vos à vontade. Qualquer coisa, estou na cozinha!

Entretanto, ele pede-me que feche bem a porta do quarto. Assim o fiz. Começou então:

- Senhor Padre, não chego ao Natal! Só espero que Deus me receba lá «em cima»! Foi uma vida inteira, no erro! Mas, não culpo ninguém…

Conforme ia falando, notei a sua voz trémula e pesadamente emocionada, mas com um tom convicto e decidido.

- O que me custa mais são os filhos. Passam semanas inteiras sem nada dizer! Nem um telefonema. Mas, também cresceram sem nunca lhes ligar nenhuma! Mal os via. Saía cedo para o trabalho e quando regressava, gastava o tempo na taberna. Pobres! Se não fosse aquela «santa» que ali está dentro, não sei o que seria deles!

O que me ia dizendo era acompanhado pelas lágrimas que lhe escorriam pelo rosto.

- Durante toda a minha vida não fui humilde para reconhecer o mal e as asneiras que fiz. Depois, fiquei doente e todos me abandonaram, menos a minha mulher. Sabe, ela gosta mesmo de mim. Doente como anda e não me deixa faltar nada! Não sou merecedor. Se soubesse o que eu a fiz sofrer.

Lá me foi contando os anos a fio em que deu mau viver à família, onde entrou a violência física e verbal. Mas ela foi sempre dedicada, nunca desistindo dos filhos e também dele. A certa altura, perguntei-lhe como é que foi possível a esposa ter aguentado tanto. Ele respondeu, sem hesitação:

- Ela tem muito bom coração e uma fé imensa. Só com ajuda de Deus. Olhe, nunca a vi deitar-se, ou levantar-se, sem antes rezar. É mesmo uma santa!

Começou de novo a chorar, mas por se sentir indigno perante tão grande mulher.

- Senhor padre, só agora percebi verdadeiramente, depois de estar aqui deitado, como ela é boa. Eu não a merecia. Mas foi Deus que não me quis deixar abandonado e mandou-ma, para ser minha mulher.

Sentia-me interiormente emocionado com o que ouvia. Falei-lhe, então, com alguma atrapalhação, na bondade de Deus. Algo que não se descobre com o «saber» da inteligência e das ideias, mas com o «sabor» do coração e da vida, quando arriscamos o amor.

Ele acompanhava o que lhe dizia, acenando com cabeça afirmativamente e limpando do seu rosto as lágrimas que não paravam de cair. No final, diz-me:

- Vejo que já está cansado. Não se detenha mais comigo. Foi tão bom esta conversa.

Tentei dizer-lhe que não havia problema, poderia ficar mais tempo, ali, junto dele.

- O senhor padre, vá. Deve ter muita coisa para fazer.

Despedi-me, então, e dobrando-me sobre a cama, dei-lhe um abraço sentido. Percebi a força que os seus braços frágeis manifestavam.

Ao sair, saudei da mesma forma a esposa, dando-lhe um abraço e pedindo que tivesse cuidado com ela. Só me respondeu:

- Reze por ele, para que não sofra muito. Eu cá me aguento, com a ajuda de Deus.

Ao final do dia, já na cama, recordei-me da visita àquele bom homem e àquela «santa» mulher. Contemplei, mais uma vez, a força que Deus pode conceder àqueles que se dispõem a abrir o coração ao amor. Percebi, também, como é perigoso sermos reféns das nossas ideias e das nossas «inteligências», perdendo a humildade. Por fim, compreendi que, como aquele homem «reconciliado» consigo mesmo e com a vida, o segredo da paz passa sempre por assumir a verdade do que cada um é e da história que protagoniza.

Tags: Opinião, Padre Rodolfo Leite
Documentos para Download
Notícias Relacionadas
Classifique esta notícia:  Sem classificação
0 Comentário(s)
Videos
Mais comentadas
Mais lidas
Pesquisa de imóveis »
 
Apartamento T3
Venda - Usado
Coimbra
Coimbra, Santo António dos Olivais
Consultar Imóvel »
Apartamento T3
Venda - Usado
Coimbra
Figueira da Foz, Buarcos e São Julião
Consultar Imóvel »
Quartos   
© 2011 Jornal Frontal. Todos os direitos reservados. Política de privacidade Desenvolvido por  Marques Associados Digital Lda.